Luzes

acenda a lampada às seis horas da tarde 
acenda a luz dos lampiões 
inflame  
                a chama dos salões  
                fogos de línguas de dragões  
                vagalumes

numa nuvem de poeira de neon 
tudo é claro   
               tudo é claro   
               a noite assim que é bom

a luz acesa na janela lá de casa 
o fogo  
               o foco lá no beco      
                                            e o farol

esta noite vai ter sol

                                   Paulo Leminski

Anúncios