manhã

uma nuvem caminha vagarosamente pelo céu
uma garça voa ligeira
um pássaro se equilibra num extremo galho da araucária
pequenos ramos dançam ao vento de verão
carros prosseguem num rápido destino
meu corpo se alonga ao som do jazz

o relógio da parede da sala parado
passado e presente flutuando no ar

meu espírito fia e tece

Léo

Um comentário em “manhã

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s