ferrugem

corrói minhas vísceras
- blasfêmia incauta -
ferro, pus, corrente
camisa de força
ódio pulsando nas veias
do déjà vu constante
e do cansaço das migalhas

Divaguei com as paredes
pois teu coração está distante...

Léo

Um comentário em “ferrugem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s