Ata-me!

“eu pinto você igual a um sonho” https://pensieriepoesie.home.blog/.

 

De ti nada sei
Imaginei-te de tudo quanto é jeito
Minhas hipóteses estão se esgotando
Não importa idade, cor de pele, sobrenome
Tem que ser bonito – é essencial que seja bonito.

Posto que a vida é uma armadilha
contendo em si o seu contrário
Vem me enroscar em tuas pernas!

Já te escrevi mil versos
Me reinventei, fiz meu balanço, curei feridas
Sondei noites, madrugadas, auroras
Tive olhos para árvores e borboletas
Apreendi gaivotas, constelações, profundezas do mar
E li histórias e mais histórias à procura de pistas

E sou guerreira em serviço
O toque esquecido aprendo de novo
Mostre-me tuas marcas, cicatrizes – irei beijá-las
Revele-me teu sonho pueril, confidências soltas, notas de rodapé
derrame tua revolta

Já que a vida é uma cilada
Vamos fazer estripolias

Enlaça-me!

Léo

11 comentários em “Ata-me!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s