Vislumbre

Noite dessas
Dormi agasalhada em teus braços
Depois do gozo
Depois do choro
Depois do beijo

Eu vi o futuro
Éramos felizes

Noite dessas
Dormi agasalhada em teus braços
Éramos leves

noite passada…
só éramos

Léo

8 comentários em “Vislumbre

  1. Como não vou querer dormir em seus braços, se seus braços forem como brasas, me farão queimar minha paixão.
    Olá meu querido Leo. Senti falta da sua música, da sua voz em cada um dos seus versos. Estou de volta à arena do romance sem fim.
    Melhor bem-vindo eu não poderia ter lido seu poema.
    Espero que esteja bem.
    Um grande beijo para você
    Manuel Angel

    Curtido por 1 pessoa

      1. Fico feliz que você esteja bem. A verdade é que com tantos passos a dar, eu não tinha cabeça para inspiração. Acabei de colocar algumas linhas no papel.
        Um grande abraço meu querido Leo
        Manuel Angel

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s