Áspero

Desafio as horas
Duelando com a realidade
– quase inimiga –
E construo mundo próprio

Nele, a crueldade só fica por conta do sol,
que aparece dando cabo na bela criança.

Mas hoje envelheci.
O último elo se partiu – e envelheci.

eu e a realidade somos duas senhoras
que se cumprimentam gentilmente
Ela, não me traz o que quero
Eu, ela se cansou de mim.

Foi um esforço enorme, e perdi.
Sucumbo agitando versos

Quem sabe assim tudo se transforme pelo avesso

Léo

 

7 comentários em “Áspero

  1. A realidade, cá está um tema com muito “pano para mangas”. Afinal, o que é a realidade? A ilusão em que vivemos? O que presenciamos? O concreto? Debato-me muito com este tema Leo.

    Adorei te ler.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lembrei do filme Matrix… a realidade é socialmente construída, e como vivemos numa sociedade de classes, temos que estar atentos. E, sim, dá “pano pra manga”.
      Adorei te ler também, Nelson. Obrigada.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s