Poema que não consigo escrever

Todos os dias arrumo os lençóis
danço, me alongo
choro num verso
percebo notícias
Mas o verdadeiro poema não consigo escrever.

Mando mensagens
recebo desejos
preparo a comida
danço com pássaros
Mas o verdadeiro poema não consigo escrever.

Suspiro num conto
me alongo num filme
deliro, me embriago,
sinto a primeira estrela da noite
Mas o verdadeiro poema não consigo escrever.

Talvez o verdadeiro poema
seja a cama desarrumada
Sei lá…

Léo

18 comentários em “Poema que não consigo escrever

  1. Lindo!
    Sim cama desarrumada é sempre sinal de embriaguez, de calor e prazeres…
    É sempre bom deixar que a bagunça nos cure…a alma e o corpo!
    Bjs mana! Desejos de cama desarrumada pra vc! (Pra nós…rsrsrs) Te amo!!!🌹🌹♥

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s