desenho nenhum

tem dias que se sente só o gosto do acabou
respiração como dor
tortura do sol que insiste em nascer
e o coração em chuva
a poesia não dá conta
contudo é a arma que pratico
e sou capaz de me deitar às seis da tarde
só para que o dia termine

milagre, quero milagres mil

flores arrebentando meu peito feito fúrias
e que esta febre latejante me sufoque
como um dia sufocante de verão
e me traga um amanhã, sei lá

estou cansada
Sei viver não…

Léo

28 comentários em “desenho nenhum

  1. há passagens com as quais me identifico muito: embora não tenha sido exatamente seis da tarde, mas qdo voltei do hospital e tinha que ficar confinado quase sem me mexer, o que mais desejava era que a noite chegasse porque sabia iria amanhecer e eu estaria vivo. foi uma fase muito complicada. hoje, ainda durmo cedo, acordo mais cedo ainda apenas para, com uma xícara de café, olhar o dia nascer. é esse o milagre que vivo. poesia muito rica em sentimentos e viva em vida que vive. parabéns. o meu abraço.

    Curtido por 1 pessoa

      1. Deixa te dizer: senti muita dor física, mas por dentro, minha mente, meus pensamentos estavam e estão fortes, cada vez mais fortalecidos. Não fiquei por incrível que pareça triste com o câncer, minha cabeça funcionou assim: como vou sair dessa? O que tenho que fazer? Então me reconstruí por dentro com caminhadas, até onde podia suportar, música – vou mais tarde ou amanhã te enviar o link de um disco que me ajudou muito, é só baixar – literatura e fé e força da família e dos amigos. Fiquei em paz e pacificado. Ainda tenho muito pela frente contra o câncer, é uma batalha diária mas é possível seguir adiante. Sei que podes também passar pelo que for, a disciplina, a mente fortes nos levam longe. Continue sempre, caminhar sempre é um respiro vital.

        Curtido por 1 pessoa

  2. Li atentamente e fiquei a imaginar o que nessa mente está a passar somente agora que consegui ler… Compreendo-a bem, nesta sensação nauseante, numa referência a Jean Paul Sartre que descreve em sua filosofia a náusea como a síntese de nossas insatisfações com a existência entre o Ser e o Nada… Ótimo que tenhas conseguido escrever… catarse escrita, pode não ser vida resolvida, mas, é alma libertada… Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

      1. Sim. Assustador… A maioria das pessoas preferem viver como se as dores não existissem para aliviar a dor de saberem que a dor existe e marca presença todo o tempo, mesmo que não seja o tempo todo… 💙

        Curtido por 1 pessoa

      2. Não se acontece contigo, eu quando leio um poema sobre algo que sinto ou senti, me enche de alegria, principalmente nos poemas tristes. Penso: nossa, não sou só eu. A sensação é de não estar só; de compartilhar, de pertencimento. Ligação.

        Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s