Bruno

“Sou morte recente, ainda com lágrimas” Cecília Meireles, Ressurreição, trecho.

 

Bruno se matou. Um jovem professor se matou. Talvez por um quadro depressivo. Talvez porque um governo doentio tenha eleito os professores como alvo. Bruno se matou em pleno Setembro Amarelo. Em outros tempos os sinos se dobrariam… Em sua carta de suicídio: “Sigam vocês”…

Amaranta, de Cem anos de solidão, Gabriel García Márquez, sonhou que iria morrer. Anunciou por todo povoado, Macondo, que levaria recados dos vivos para os mortos. Serena o dia todo, ia recebendo as cartas, preparando sua roupa, suas chinelinhas, sua vestimenta de defunta. De noite morreu. Foi coberta com sua mortalha que tinha tecido boa parte da vida, lembrando Penélope de Odisseia. E, junto de seu corpo, as cartinhas, os recados…

Em Maria dos Prazeres, também de Gabriel, ela da mesma forma sonhou com a morte. Preparou-se: escolheu a lápide, o caixão, o lugar onde seria enterrada. Só que a morte não veio. Morreu sua vida antiga. Porém, há outra história neste conto. Maria dos Prazeres vive na Espanha de Franco. A polícia tinha matado três anarquistas. Suas lápides, sem nome, por ordem da polícia franquista. Tentativa de esquecimento. Só que todas as noites alguém escrevia os nomes, com tinta, esmalte, batom… E todas as manhãs os nomes eram apagados… E todas as noites escritos de novo. Resistência.

O suicídio provoca em nós que ficamos – os vivos – intensos sentimentos. Dor: não tem mais retorno. Raiva: por que não resistiu? Tristeza: não o temos mais. Culpa: o que podíamos ter feito? Por que não percebemos? Derrota: a humanidade não conseguiu uma resposta. E finalmente, Respeito. Um profundo respeito por sua decisão.

Assim, sem tempo para levar nossos recados, sem os sinos se dobrarem, Bruno se foi.

“Sigam vocês”! Sigamos!

Léo

7 comentários em “Bruno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s